CURIOSIDADES

Cupins a vista!

  • "Siriris" ou "aleluias" – aqueles insetos chatos que ficam voando em torno de lâmpadas no verão são muito comuns. Mas fique atento – se eles estão em sua casa, significa que num raio máximo de 300 metros, existe pelo menos uma colônia de cupins.

Baratas e formigas

  • Frestas são o esconderijo preferido das baratas "francesinhas". Elas passam até 75% das suas vidas escondidas nesses "cantinhos".
  • Baratas não morrem no microondas. Elas não tem moléculas de água, e consequentemente, não desidratam nunca! O mesmo acontece com as formigas.
  • Algumas colas e sabões possuem em sua formulação substâncias que são muito atrativas para baratas e formigas.
  • As baratas costumam ser noturnas. Se você encontrar baratas durante o dia – prepara-se: este é um indício de alta infestação.

Pulgas e mais pulgas

  • Se uma pulga for congelada, assim que o gelo derreter, ela "sacode a poeira" e segue a vida... dá para acreditar que ela consegue se reanimar?
  • O famoso "bicho de pé" nada mais é do que uma espécie de pulga, a Tunga Penetrans.
  • Pulgas podem ficar até 40 dias sem se alimentar.
  • As pulgas podem saltar a uma distância de até 150 vezes a sua altura.
  • Fêmeas grávidas aumentam de peso 140 vezes.

Super ratos

  • Você sabia que o rato é o inimigo número 1 da saúde pública? Os ratos são responsáveis pela transmissão de diversas doenças como leptospirose, peste bubônica, tifo, murino, hantavirose, entre outras.
  • Os ratos são os vertebrados que mais causam problemas aos humanos, no mundo todo.
  • Em apenas 1 ano, um casal de roedores pode ter até 10.000 descendentes!
  • Segundo dados da OMS - Organização Mundial de Saúde, 10% de toda a produção de alimentos é destruída por roedores. Cada rato come em média 10% do seu peso e contamina 5 vezes mais do que come.

Soluções naturais

  • Cada inseto tem seu predador natural, e quando o ambiente permitir, ter em casa esses predadores pode ajudar a controlar infestações.
  • Tamanduás não resistem a formigas e cupins.
  • As galinhas não dão chance aos escorpiões.
  • Sapos devoram todas as moscas e mosquitos que estiverem por perto.
  • Jibóias são o pesadelo dos roedores.
  • Lagartixas e pequenos morcegos alimentam-se de pequenos insetos.

Evidentemente, essas dicas não são praticáveis em ambientes urbanos.
E nesses casos, é só chamar a Inset Disque!